Cães e Gatos

Cães e gatos são animais domésticos e podem ser criados pelo homem com finalidade de companhia. Eles acostumam-se facilmente com o convívio humano e, além disso, vários estudos comprovam os benefícios desse contato: aumentam a produção de endorfina nos seres humanos e fortacem o sistema imunológico de crianças [5].

Contudo, infelizmente, é comum o abandono de animais no Campus Universitário. Como muitas pessoas acabam alimentando esses animais, eles passam a ter a UFSC como lar.

  • Maltratar e abandonar animais é crime ambiental!

Sendo previstas punições em leis de esfera federal (art. 32 da Lei n° 9.605, de 1998, pena de detenção de três meses a um ano e multa) [6], estadual (Lei n° 12.854/2003) [7] e municipal (Florianópolis, Lei Complementar n° 94/2001, multa no valor de até R$ 3.000,00 por animal abandonado e ou maltratado) [8].

  • Viu alguém abandonando cães e gatos na UFSC? 

Colete as informações necessárias (foto do momento, hora,   local, número da placa do veículo, entre outras) e ligue para   a Polícia Militar Ambiental ou instituição pública de defesa   e/ou controle animal da sua cidade.

Segue a listagem de algumas ONGs e Instituições Públicas que podem ser consultadas:

Florianópolis:
ONG: Salve uma vida-adote, OBA – Organização Bem Animal, Instituto-  É o Bicho.
Instituição pública: Dibea (Diretoria de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Florianópolis).

Blumenau:
ONG:  APRABLU – Associação Protetora de Animais de Blumenau, Associação Sítio Dona Lúcia (resgate e acolhimento de animais abandonados).
Instituição pública: Diretoria de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Blumenau.

Joinville:
ONG: Associação Mia Vida Proteção Animal.
Instituição pública: Cbea – Centro de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Joinville.

Curitibanos:
ONG:  Patinhas do Bem.

Araranguá
ONG: Associação Bom Pra Bicho.
Instituição pública: Fundação Ambiental do Município de Araranguá (Fama).

  • Quer adotar um bichinho entrados?

É importante tomar algumas medidas preventivas:

  • VACINAÇÃO

 Inicialmente, você deve levar o animal para um veterinário a fim de fazer todos os exames e vacinas necessárias. Algumas das principais vacinas que seu cachorro deve tomar são: as múltiplas (v8 e v10), que imunizam-os de algumas doenças graves, como: cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose e leptospirose e a vacina anti-rábica, que imuniza os animais contra a raiva [9].

  • CASTRAÇÃO

 Animais estéreis não geram ninhadas indesejadas. A castração também evita doenças como o câncer de mama e próstata além de reduzir as fugas, pois os animais não castrados tendem fugir para acasalamento [10]. A esterilização (castração) gratuita de cães e gatos normalmente é oferecida pelas Prefeituras. É importante ter consciência da importância dos cuidados pós-cirúrgico a serem executados, pois o animal precisa ficar em repouso e tomar medicação.

Se deparou com algum cão ou gato sadio abandonado na UFSC e não tem interesse em adotar o animal? 

Se quiser ajudar, você pode:

Entrar em contato com alguma ONG ou Instituição Pública que cuide de animais e caso haja disponibilidade do local que presta atendimento em seu município, levar o animal até o endereço por eles informado;

Fazer de sua casa um lar temporário e divulgar nas redes sociais para verificar se alguém tem interesse em adotá-lo. Castrar o animal e ampará-lo durante o período de recuperação da cirurgia (5 dias) também é importante para uma efetiva ajuda ao bem-estar animal.

 

  • IMPORTANTE!

No caso do contato com alguma ONG, é IMPRESCINDÍVEL lembrar que a maioria das organizações não governamentais contam com voluntários que, muitas vezes, também utilizam recursos próprios para ajudar os animais e nem todas sempre estão aptas para recebê-los. Por isso, consulte-as para saber as condições em que se encontram. Segue a lista de algumas ONGs e Instituições Públicas, de cada município:

Florianópolis Entrar em contato com a Diretoria de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Florianópolis (3237-6890) para recolhimento e tratamento do animal.

Blumenau  Entrar em contato com a Diretoria de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Blumenau por meio do telefone 3381-7770 para recolhimento e tratamento do animal.

Joinville Entrar em contato com a Diretoria de Bem Estar Animal do Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Joinville por meio do telefone (47) 3433-6157  para recolhimento e tratamento do animal.

Curitibanos Entrar em contato com a ONG Patinha do Bem por meio do telefone (49) 8849-5438, para auxílio no resgate e ajuda dos animais abandonados.  

Araranguá – Entrar em contato com a Fundação Ambiental do Município de Araranguá (Fama)  por meio do telefone 3903-1879 para denúncias

Referências:
¹http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9605.htm
² http://leis.alesc.sc.gov.br/html/2003/12854_2003_Lei.html
³ https://cm.jusbrasil.com.br/legislacao/1020709/lei-complementar-94-01
http://blog.agroline.com.br/vacina-para-caes-e-gatos/
5 http://www.pmf.sc.gov.br/mobile/index.php?pagina=notpagina&noti=19823