Coordenadoria de Gestão Ambiental – CGA
  • Semana do Meio Ambiente UFSC 2018

    Publicado em 09/03/2018 às 15:26

    Está aberta a convocação  para os interessados em apoiar financeiramente a Semana do Meio Ambiente 2018.

    A Universidade Federal de Santa Catarina está organizando a “Semana do Meio Ambiente 2018 UFSC”, que acontecerá nos dias 28 a 5 de junho de 2018. Esse é o quarto ano que a Coordenadoria de Gestão Ambiental organiza esse evento. A semana tem como objetivo a promoção da sustentabilidade através de palestras, oficinas, visitas técnicas, apresentações artísticas, mesas redondas, entre outras atividades, todas gratuitas e abertas ao público. As temáticas desse ano são: Saneamento Básico, Como Implementar a Sustentabilidade no Campus Universitário, Eventos Extremos da Natureza e Mudanças Climáticas, Tecnologias Verdes.

    Contraprestação dos apoiadores:

    As logomarcas dos patrocinadores e apoiadores serão estampadas nos brindes distribuídos aos participantes das palestras.
    As logomarcas dos patrocinadores e apoiadores serão publicadas nas peças digitais e físicas que divulgavam o evento:
    – convite de e-mails com as peças digitais do evento enviados para um mailing de 5000 pessoas, incluindo comunidade universitária, representantes de empresas públicas e privadas;
    – convite digital divulgado no site da UFSC com acesso estimado de 50 mil pessoas;
    – peças digitais do evento divulgados nos facebooks do UFSC Sustentável e Gestão ambiental, com 1912, 1729 seguidores respectivamente.
    – Uma vinheta com as logomarcas será apresentada ao público antes do início de cada mesa redonda e do filme;
    – A cerimonialista na introdução e encerramento das mesas redondas agradecerá individualmente a cada apoiador a patrocinador.

    Caso haja interesse em apoiar o evento deve-se realizar contato pelo e-mail: gestaoambiental@contato.ufsc.br


  • Rede de Cooperação Acadêmica Lixo Zero (International Zero Waste Academic Collaboration)

    Publicado em 28/02/2018 às 16:00

    LANÇAMENTO DA REDE DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA LIXO ZERO

    International Zero Waste Academic Collaboration

    No dia 27 de fevereiro às 19 horas no auditório da ESAG/UDESC,  foi realizado o lançamento oficial da Rede de Cooperação Acadêmica Lixo Zero. Construída para ser uma rede universitária protagonista na promoção do desenvolvimento sustentável nos campi e na cidade. Uma iniciativa de âmbito global com ação local, capitaneada a princípio por instituições catarinenses.

    A ideia nasceu durante a Semana Lixo Zero através da percepção comum das Instituições de Ensino Superior – IES (UFSC, UDESC e IFSC) e do Instituto Lixo Zero Brasil, sobre a  importância de seu engajamento e liderança na busca de soluções sustentáveis reais para um mundo lixo zero e uma nova economia circular. Nessa semana, cada IES organizou eventos e palestras na temática Lixo Zero:

    O Instituto Lixo Zero Brasil – ILZB, representante da Zero Waste International Alliance, com apoio da equipe do UFSC Sustentável e demais IES, trouxe o criador da Academia Lixo Zero na Nova Zelândia (Zero Waste Academy), Professor Jonathon Hannon da Universidade de Massey, da Nova Zelândia, para apresentar o modelo de excelência na difusão e implementação do conceito lixo zero em diferentes espaços e organizações durante a 3 ª Semana Campus Lixo Zero.

    Com mais de 15 anos de experiência na temática Academia Lixo Zero, o Prof. Jonathon Hannon demonstra que o modelo baseado na prática dos laboratórios vivos, onde cidades, regiões e comunidades oferecem o contexto real para o desenvolvimento de pesquisa, ensino e extensão; e a própria gestão da instituição, com o objetivo de solucionar problemas reais das sociedades, funciona  como um motor de inovação sustentável para o desenvolvimento ambiental, social e econômico no âmbito privado, público e do terceiro setor.

    A produção descontrolada de lixo pelas sociedades modernas pós revolução industrial culmina hoje em uma séria e grave ameaça a integridade de toda a biosfera e da própria humanidade. A poluição das águas e oceanos, a contaminação de toda cadeia alimentar, a esterilização de espaços pela cultura do descartável e acúmulo de lixo, o passivo socioambiental e econômico que compromete grande parte dos orçamentos municipais, estaduais e nacionais carecem de soluções efetivas para essa crescente problemática que ameaça a todos nós.

    As IES têm um papel fundamental a cumprir neste cenário. Como agentes de mudança e transformação que através do ensino, pesquisa, extensão e da própria gestão endossam e viabilizam o desenvolvimento sustentável de comunidades, territórios e cidades.

    As IES são os lugares onde soluções, pesquisas técnicas, científicas e o conhecimento são criados e a cultura modificada. Mais do que isso, é o lugar onde jovens passarão uma das fases mais transformadoras de suas vidas. Assim, devem cumprir seu papel educador e transformador na criação de soluções para um mundo sem lixo.

    De forma pioneira e com o objetivo de ser exemplo para toda a sociedade, a UFSC, UDESC, e o IFSC, com o apoio do Instituto Lixo Zero Brasil lançam as metas iniciais do programa conjunto a ser aplicado em cada instituição:

    • Meta 1 – Implementar e ou expandir a coleta de resíduos sólidos com separação mínima em 3 frações: Rejeitos, Resíduos Recicláveis Secos e Resíduos Orgânicos;
    • Meta 2 – Eliminar o uso de copos plásticos descartáveis nas instituições;
    • Meta 3 – Eliminação de lixeiras internas nas salas de aulas e setores administrativos para residuários diferenciados para a coleta mínima em 3 frações.

    Estas práticas já são hoje aplicadas isoladamente nas respectivas IES por meio de seus Programas de Sustentabilidade (UFSC SustentávelUDESC Sustentável e IFSC Sustentável). A proposta inicial visa compartilhar práticas de gestão e progredir para o lançamento de novas metas e ações elaboradas em conjunto.

    Paralelamente, a REDE visa proporcionar o intercâmbio acadêmico entre as IES nacionais e a Universidade de Massey. Outras instituições nacionais e internacionais já demonstram interesse na adesão à REDE.

    O lançamento oficial da REDE no dia 27 de fevereiro de 2018 foi simbolizado pela assinatura do Protocolo de Intenções da Rede de Cooperação pelas seguintes representações:

    • Representando o magnífico reitor da UDESC Prof. Dr. Marcus Tomasi, o Pró-Reitor de Planejamento da UDESC Prof. Dr. Leonardo Secchi;
    • Representando o magnífico reitor da UFSC Prof. Dr. Ubaldo Cesar Balthazar, o Coordenador de Gestão Ambiental da UFSC Prof. Dr. Rogério Portanova;
    • Representando a magnífica reitora do IFSC Profª. Dra. Maria Clara Kaschny Schneider, a Diretora Executiva do IFSC Profª. Silvana Rosa Lisboa de Sá;
    • Presidente do Instituto Lixo Zero do Brasil (ILZB), Sr. Rodrigo Sabatini.

    Estiveram presentes na solenidade aproximadamente 150 pessoas, entre alunos, professores e interessados ao tema. Dentre as autoridades presentes estavam:

    • Antônio Marius Zuccarelli Bagnati, Vice-Presidente do Grupo Interinstitucional de Resíduos Sólidos de Florianópolis (GIRS) e ex-diretor presidente da COMCAP;
    • Lucas Barros Arruda, Secretário de Saneamento da Prefeitura Municipal de Florianópolis;
    • Deputado Estadual de SC, César Valduga, da Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem.

    Após a solenidade, foi conduzida a Palestra Internacional “Inovação Política e Lixo Zero”, proferida por Alessio Ciacci, consultor da União Européia em projetos de sustentabilidade ambiental ligados à reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. Em 2017 recebeu, no Parlamento Europeu em Bruxelas o prêmio “Campeões da Economia Circular Italiana” e em Viena ganhou o Prêmio Europeu de Inovação Política por meio da implementação da tarifa pontual lixo zero. Alessio Ciacci também é responsável por um dos mais bem sucedidos cases de implementação da estratégia Lixo Zero na Europa, como o exemplo da cidade de Capannori, na Itália.

    A iniciativa é de importância capital em um mundo na iminência de uma crise global de resíduos sólidos como apontado por recentes alertas e relatórios da FAO e de outras agências da ONU. Movimento que merece ser celebrado por toda a sociedade catarinense e brasileira como um marco da articulação universitária em prol do desenvolvimento sustentável de nossas cidades, regiões e comunidades.

    Contatos:

    Gustavo Rittl – Instituto Lixo Zero Brasil, gustavorittl@gmail.com (48 99624-0863);

    UFSC: Djesser Zechner Sergio, djesser.zechner@ufsc.br;

    UDESC: Gustavo Kogure, gustavo.kogure@udesc.br;

    IFSC:  Twisa Thiemi Barcellos Nakazima, twisa@ifsc.edu.br.

    Alessio Ciacci – Ganhador do Prêmio Europeu de Inovação Política (à direita).

    Representantes das IES que ratificaram o Protocolo de Intenções. Da esq. p/ dir: Rodrigo Sabatini (ILZB), Dep. César Valduga (Testemunha), Profa. Silvana Rosa Lisboa de Sá (IFSC), Prof. Leonardo Secchi (UDESC), Professor Rogério Portanova (UFSC) e Aleccio Ciacci (Palestrante)

    Organizadores, autoridades e presentes para foto oficial de lançamento da Rede de Cooperação Acadêmica Lixo Zero

    Aproximadamente 150 pessoas estiveram presentes entre alunos, professores, servidores, interessados ao tema e autoridade.

    Coordenador da Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC Professor Rogério Portanova proferindo sua palavra

    Presidente do Instituto Lixo Zero Brasil – Rodrigo Sabatini, proferindo sua palavra


  • UFSC participa da 2ª edição do Conexão Suécia Cidades Sustentáveis

    Publicado em 19/12/2017 às 11:36

    Aconteceu no CREA-SC nos dias 11 e 12 de dezembro as palestras da Conexão Suécia Cidades Sustentáveis. O evento visou a troca de experiências e a proposição de modelo relativo à sustentabilidade para municípios de SC por meio de palestras e Case de sucessos suecos. Destaque para a Engenheira Sanitarista Sara Meireles que pertence ao setor de Gestão de Resíduos e apresentou a atual gestão de resíduos da UFSC.

    Especialistas suecos apresentaram o modelo de sustentabilidade das cidades suecas com reaproveitamento de até 99,6% do lixo gerado. No dia 13 de dezembro eles conheceram nosso aterro sanitário.

     

    Fotos do evento, aqui.

    Site do evento, aqui.


  • UFSC participa do RANKING GREEN METRICS

    Publicado em 18/12/2017 às 14:36

    O Ranking tem como objetivo fornecer o resultado de uma pesquisa on-line sobre a condição atual e as politicas relacionadas à Sustentabilidade nas Universidades de todo o mundo. Em 2017 a Coordenadoria de Gestão Ambiental, realizou a pesquisa em nome da UFSC. Participaram da pesquisa 74 países e apenas 17 universidades brasileiras.

    A pesquisa analisou seis itens: configuração e infraestrutura, energia e mudança climática, desperdício, água, transporte e educação. Cada um dos itens possuía diversas perguntas que tem como objetivo analisar a universidade, entre elas: porcentagem de orçamento universitário em um ano para a sustentabilidade, produção de energia renovável no campus em um ano, implementação do programa de conservação da água, número de motocicletas que entram na universidade diariamente, número de publicações acadêmicas sobre o meio ambiente e sustentabilidade publicadas.

    Atualmente 619 universidades realizaram a pesquisa e a UFSC ficou em 462. Demostrando que em questão de sustentabilidade ainda temos muitos pontos para melhorar. Entre as universidades brasileiras ficamos na 12 posição e o primeiro lugar ficou com a Universidade Federal de São Paulo.

    Para visualizar o ranking por País, clique aqui.

    Objetivo do Ranking

    Realizar uma pesquisa sobre a condição atual e as politicas ligadas à Sustentabilidade nas Universidades de todo o mundo. O objetivo é atentar os lideres das Universidades ao combate à mudança climática, à conservação da energia e da água, à reciclagem do lixo e ao transporte verde e verificar quais medidas estão sendo tomadas quanto à esses assuntos. São coletados os dados e processados até chegar em uma pontuação, depois as universidades são classificadas de acordo com essa pontuação.

    Futuro desenvolvimento e melhorias no Ranking

    Os organizadores do Ranking receberam comentários que podem ser usados para aprimorar os próximos questionários.

    Outros Ranckings

    Alem do Green Metric existem os rankings THES-QS, Webometrics e Shanghai Jiao Tong.

    Para saber sobre o Rancking Green Metric, acesse.

    Para acessar o Ranking completo, clique aqui.


  • UFSC contra o Aedes Aegypti

    Publicado em 18/12/2017 às 12:56

    A UFSC lançou no dia 23/11 a Campanha “UFSC contra o Aedes Aegypti”. A primeira ação foi a convocação dos alunos e servidores para participarem como agentes no combate ao mosquito causador da Dengue, Zica e Chicungunha. Os membros da Coordenadoria de Gestão Ambiental fizeram intervenções em salas de aula e setores administrativos e até o mosquito.  A iniciativa da Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC visa ao combate às doenças associadas as Aedes Aegypti como transmissor, as ações marcam o inicio da campanha quanto a retomada dos trabalhos da Comissão de Combate à Dengue.

    Casos e ações preventivas

    O Ministério da Saúde acompanha os dados do último boletim epidemiológico que aponta redução de 90,3% dos casos de dengue; 95,3% de Zika e 68,1% de chikungunya em relação ao mesmo período de 2016.  Portanto, todos os esforços de prevenção e combate ao Aedes aegypti devem ser mantidos.

    A participação da população nesse processo é fundamental. Nenhum poder público pode enfrentar sozinho a eliminação dos focos do mosquito transmissor, Aedes Aegypti. O cuidado dever ser constante, em especial a eliminação de locais com água parada e criadouros com mosquito.

    A redução nos casos dessas três doenças, apontada no último boletim (maio 2017), pode ser atribuída a um conjunto de fatores, com a mobilização nacional contra as doenças e a maior proteção pessoal da população, a escassez de chuvas em determinadas regiões do país, o que desfavorece a proliferação do mosquito, e a proteção natural que as pessoas adquirem ao ter alguma das doenças em anos anteriores.

    Leia a matéria completa aqui.

    Boletim completo sobre os casos de dengue no Brasil em 2017, aqui.

    A Comissão de Combate à Dengue

    A Comissão de Combate à Dengue foi criada em 2015 e será reativa em dezembro de 2017. Informe sobre possíveis focos à Comissão pelos canais:

    E-mail 

    Facebook “gestão ambiental UFSC”

    Telefone (48) 3721-6104

    Use #UFSCcontraoaedes nas redes sociais

        

    Cobertura e informações

    Confira as fotos da intervenção do dia 23/11 no Facebook, aqui.

    Para o inicio do primeiro semestre de 2018, haverá novas intervenções, cartazes e materiais informativos.

    Leia a materia completa que saiu no noticias UFSC, aqui.

    Medidas preventivas podem ser acessadas nos no site da Fundação Oswaldo Cruz e no site da Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

    Abaixo a materia que saiu na TV UFSC, sobre a Campanha UFSC contra o Aeds.

    Continue a leitura » »


  • UFSC participa do 2º Seminário de Sustentabilidade da ALESC

    Publicado em 11/12/2017 às 14:12

    No último dia 7 de Dezembro ocorreu o 2º Seminário de Sustentabilidade, promovido pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), que teve como objetivo a apresentação de alternativas tecnológicas para o tratamento de resíduos, bem como subsidiar a sociedade para melhor entendimento das soluções possíveis.

    Na oportunidade, a UFSC foi convidada a apresentar alguns de seus cases ocorrem na Universidade como a Coleta Seletiva Solidária e o tratamento dos resíduos, apresentados pelo servidor Allisson Gomes Castro da Coordenadoria de Gestão Ambiental e Sara Meireles do setor de Gestão de Resíduos.


  • IV Seminário de Gestão Pública Sustentável

    Publicado em 13/11/2017 às 12:02

     

    IV Seminário de Gestão Pública Sustentável tem data marcada para o dia 28 de Novembro de 2017, no auditório da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) em Chapecó – SC.

    O evento é organizado pelo Fórum de Gestão Integrada das Instituições Federais de Ensino de Santa Catarina (FORGIFESC), composto pelo Instituto Federal Catarinense (IFC), Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), que tem como objetivos específicos:

    •  Apresentar boas práticas relacionadas à integração entre instituições públicas e privadas;
    •  Capacitar os participantes com relação à idoneidade das instituições públicas em relação às privadas;
    •  Difundir a demanda dos órgãos públicos a fim de preparar o mercado para as suas necessidades futuras;
    •  Incentivar a aplicação da integração entre os setores público e privado de forma justa e íntegra;

    Inscreva-se gratuitamente no link: https://goo.gl/J5xf92

    Confirme presença no evento do Facebook: https://goo.gl/QsD7ng

     

    Data: 28 de Novembro de 2017
    Horário: das 8h30 às 18h
    Local: Auditório bloco B da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
    Campus Chapecó-SC
    Rodovia SC 484 Km 02, Fronteira Sul
    CEP 89815-899
    Telefone (49) 2049 2600
    Público-alvo: Servidores e setor privado (porém as inscrições estão abertas também para alunos, pesquisadores e comunidade externa)

     

     

     

    Palestrantes confirmados

     

     

     

     

     


  • Mudança da sigla sistema Solar

    Publicado em 08/11/2017 às 21:11

    Informamos que com a mudança da Coordenadoria de Gestão para o Gabinete da Reitoria, as solicitações e processos via SPA devem ser encaminhadas para a sigla CGA/GR. As demais siglas foram desativadas.

     


  • Atos de homenagem e despedida a Luiz Carlos Cancellier de Olivo, reitor da UFSC

    Publicado em 02/10/2017 às 20:07

    A Administração Central da UFSC, ainda impactada pela perda prematura de seu reitor, professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, convida a comunidade universitária e a sociedade catarinense para os atos de homenagem e despedida a ocorrerem no campus universitário da Trindade.

    A partir do final da tarde desta segunda feira, 2 de outubro, o corpo será velado no hall da Reitoria, seguindo a vigília até às 10h da terça-feira, dia 3 de outubro.

    Na terça-feira, às 11h, ocorrerá Sessão Solene Fúnebre do Conselho Universitário, que será aberta no auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

    Às 16h, ocorrerá uma cerimônia ecumênica, e após, o sepultamento, no Cemitério Jardim da Paz em Florianópolis.

    A equipe da CGA lamenta muito o acontecimento e se solidariza com familiares e amigos neste momento.

     


  • Divulgação da campanha de conscientização “Adote uma caneca”

    Publicado em 18/07/2017 às 18:20

    Dados do Plano de Logística Sustentável da UFSC mostram que entre os anos de 2015 e 2016 o consumo de copos foi reduzido em 18,5%. Ainda assim, a UFSC consumiu 1.152.400 copos descartáveis em 2016 .

    Os copos plásticos descartáveis são prejudiciais ao meio ambiente, demorando de 200 a 400 anos para se decomporem, apenas 20% deles são reciclados, uma vez que sua reciclagem não apresenta vantagem econômica para o catador. Além disso, algumas pesquisas apontam que o copo plástico quando em contato com substâncias quentes pode produzir substâncias carcinogênicas.

    Dessa forma, a Gestão Ambiental da UFSC está divulgando a campanha “Adote uma caneca” nos centros e unidades administrativas.

    Intervenção da campanha “Adote uma caneca” na reitoria.

    Cortinas de copos já utilizados estão sendo colocadas em pontos estratégicos, com a quantidade de copos plásticos consumidos por cada centro e unidade administrativa, com o objetivo de chamar a atenção para o tema, e conscientizar os passantes sobre a importância da adoção de um recipiente duradouro para consumo de líquidos.

    Intervenção da campanha “Adote uma caneca” na reitoria (Esq.) e no Centro Sócio-Econômico (Dir.)

    A intervenção já passou pelos centros CFM, CED, CFH, CCJ, CSE, CCE e agora encontra-se nas reitorias e no CCB. O objetivo é que até o final do ano as cortinas ainda passem por outros centros, principalmente os maiores consumidores que são CTC e CCS.

    Intervenção da campanha “Adote uma caneca” no Centro de Ciências Biológicas.