Animais Sinantrópicos: Marimbondos

ANIMAIS SINANTRÓPICOS: MARIMBONDOS

Define-se animais sinantrópicos como aqueles adaptados a viver em ambiente antropizado, ou seja, junto ao homem, a despeito da vontade deste ¹. São considerados animais sinantrópicos: Ratos, Abelhas, Aranhas, Baratas, Camundongos, Carrapato, Cupins, Escorpiões, Formigas, Lacraias, Lesmas, Morcegos, Moscas, Mosquitos, Percevejos, Pombos, Pulgas, Ratos, Taturanas, Traças, Vespas (marimbondos).

A UFSC possui uma Ata de contratação de serviços de  desinsetização, dedetização, desratização, descupinização, desalojamento de pombos e morcegos e outros meios de controle de sinantrópicos (contrato 262/2016) que pode ser utilizada quando esses animais estiverem oferecendo algum tipo de risco à saúde da comunidade acadêmica. Para mais informações clique aqui.

Os marimbondos são importantes controladores das populações de insetos e indispensáveis ao equilíbrio ecológico ². Caso apareça um enxame de marimbondos em locais com grande passagem de pessoas é importante não chegar perto e não jogar produtos para tentar tirar o ninho, pois os animais podem se sentir ameaçados e atacar. Deve-se entrar em contato com a Polícia Militar Ambiental (contato: 3665-4770), ou Corpo de Bombeiros,  para fazer a remoção do ninho.

Referência:
https://ufscsustentavel.ufsc.br/manual-de-animais-da-ufsc/