Animais na UFSC

A presença de animais em todos os campi da UFSC é um bom sinal, uma vez que estamos locados em áreas fortemente urbanizadas. Contudo é sempre preciso cuidado e atenção, bem como saber como lidar em situações que necessitem maior sensibilidade.

Para responder ‘o que fazer quando encontrar um animal na UFSC?’, foi criado um pequeno manual (clique aqui), com os procedimentos mais adequados a serem realizados.

A regra geral, quando tratarem-se de animais silvestres é deixá-los onde estão! Contudo, existem algumas situações que podem exigir algum tipo de ação, tais como: animal doméstico abandonado, animal machucado ou doente, preso em ambiente fechado, animais que podem oferecer perigo a comunidade acadêmica (saúde, peçonhento, agressivo). Nesses casos há algumas recomendações específicas, mas de maneira geral as regras são: (1) Sempre manter a calma, cautela, desprender todo o tempo necessário para a resoluçao do problema com tranquilidade; (2) buscar o bem-estar animal (representa em não removê-lo e/ou estressá-lo) e; (3) a segurança do trabalhador e da comunidade. É importante sempre citar que o manejo de fauna silvestre requer autorização emitida por órgão ambiental licenciador.

Além disso, em caso de dúvidas, a Coordenadoria de Gestão Ambiental (CGA) sempre pode ser consultada pelo e-mail: gestaoambiental@contato.ufsc.br, pelo chatUFSC #Atendimento_CGA_ufscsustentavel, pelo telefone: (48) 3721-4202 ou pelo SPA (CGA/GR).

Clique nas imagens para orientações especificas e abaixo seguem contatos de órgãos responsáveis pelo manejo animal.

Aves (menos pombos)

Cães e gatos

Quero-quero

Saguis

Ninhos

 

 

 

 

 

João-de-barro

Serpentes

Gambás

Jacarés

Formigas

 

 

 

 

 

Lagartos

Pombos

Abelhas

Marimbondos

Morcegos

 

 

 

 

 

Cupinzeiros

Baratas

Ratos

Capivaras     

Transporte de animais

 

 

 

 Alguns contatos úteis para orientações, no caso de dúvidas sobre como proceder, seguem abaixo: