Coordenadoria de Gestão Ambiental – CGA
  • Resultado seleção bolsista Biologia/Geografia ou Agronomia Edital 01/2019/CGA/GR

    Publicado em 28/03/2019 às 16:48


  • PROEX Sustentabilidade: Recuperação da área verde no entorno do Horto Didático de Plantas Medicinais do Hospital Universitário (HU) utilizando sistemas agroflorestais

    Publicado em 26/03/2019 às 15:17

    A PROEX, Pró-reitoria de Extensão, lançou, em agosto de 2018, o Edital nº 3/2018/PROEX – Extensão e Sustentabilidade na UFSC. O edital foi pensado a partir da meta de “Realizar Editais de Pesquisa e Extensão que privilegiem projetos que tenham como temática a sustentabilidade dentro da UFSC”, do Plano de Logística Sustentável 2017, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de projetos de extensão que promovam políticas de sustentabilidade na UFSC.

    Para participar, as propostas deveriam apresentar ações a serem desenvolvidas na universidade com objetivos voltados para questões como: sistemas de descentralização de esgotamento sanitário, economia de água, eficiência energética, reutilização e reciclagem de resíduos sólidos e orgânicos, preservação de fauna e flora, educação e sensibilização ambiental. Também deveriam ser contemplados aspectos como interdisciplinaridade e união entre ensino, pesquisa e extensão.

    O edital previa a concessão de bolsas de extensão para alunos de graduação envolvidos nos projetos e recurso financeiro para ser utilizado em material de divulgação. Em dezembro, foram divulgados os selecionados para as bolsas de Extensão.

    A partir de hoje iremos fazer uma série de matérias com o objetivo de apresentar cada um dos projetos que foram selecionados.

    Recuperação da área verde no entorno do Horto Didático de Plantas Medicinais do Hospital Universitário (HU) utilizando sistemas agroflorestais

    PASSADO

    O projeto Horto Didático de Plantas Medicinais do HU/CCS/UFSC, desenvolvido ao lado do Hospital Universitário (Imagem 1), foi iniciado no ano de 1999, pelo médico e professor César Paulo Simionato. Desde então, diversas espécies de plantas de uso medicinal, tanto nativas da flora local quanto introduzidas, foram plantadas neste espaço. A atuação do Horto vai além da informação, já que o projeto também auxilia na implantação de canteiros de plantas medicinais utilizadas pela comunidade, sugeridas pela lista de plantas recomendadas pelo SUS.

    O lugar foi mantido desde o início sem nenhum recurso financeiro, apenas por mutirões organizados com a comunidade e voluntariado, tanto de alunos quanto da comunidade. É um espaço para cursos de capacitação, que valoriza a troca entre os saberes e práticas populares e acadêmicas – aproximando a comunidade, os profissionais da saúde e os estudantes das questões relacionadas à saúde individual, coletiva e ambiental.

    Com o tempo, o espaço ao entorno do Horto começou a ser usado como estacionamento de veículos; sua área verde, composta por vegetação de Mata Atlântica, foi degradada, com o aumento de acessos de veículos e pessoas aos diferentes setores do hospital universitário. Há também uma rua por onde a CASAN realiza a manutenção de redes de esgotamento sanitário.

    Parte da área verde remanescente está localizada próxima ao curso de água denominado Córrego do Rio do Meio, classificado pelo Código Florestal como Área de Preservação Permanente (APP). Esse rio teve suas margens e leito canalizados já na implantação do campus, e hoje recebe parte do manejo pluvial da UFSC e da comunidade no entorno.

     

    area projeto horto

    Imagem 1 – Localização e área do Projeto de Recuperação do Horto do HU

    Continue a leitura » »


  • Coordenadoria de Gestão Ambiental faz apresentação para novos servidores

    Publicado em 20/03/2019 às 16:04
    allissonl

    Allisson durante a apresentação.

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental participou do curso de Iniciação ao ambiente institucional UFSC, no último dia 28, organizado pela Divisão de Capacitação Continuada (DiCC). Os participantes foram os servidores que iniciam suas atividades na Universidade no primeiro semestre de 2019.

    O objetivo do curso foi dar assistência aos servidores, de maneira que eles pudessem, de acordo com a cartilha de programação, “representar em suas ações as funções do Estado e a missão da UFSC”, assim como apresentá-lhes os diversos setores da universidade que desenvolvem atividades relacionadas à vida funcional dos servidores. Os módulos foram divididos entre presenciais, com apresentações durante todo o dia, e EaD, com cinco tópicos disponibilizados no Moodle.

    A CGA participou no período da tarde e a apresentação teve por objetivo introduzir o trabalho da coordenadoria, as ações de sustentabilidade realizadas e o Programa UFSC Sustentável, para que os servidores soubessem a quem recorrer em caso de dúvidas ou sugestões referentes à temática. Além disso, a apresentação também trouxe reflexões sobre a consumo de recursos da Universidade; apresentou a Coleta Seletiva Solidária da UFSC e a forma correta de separação dos resíduos; e mostrou o importante papel que os novos servidores têm para construir uma uma universidade mais sustentável. A intenção é que  esses servidores já entrem na Universidade mais conscientes e tornem-se agentes de sustentabilidade em seus setores. O curso foi realizado no auditório da Reitoria I e os palestrantes foram a administradora Gabriela Zampieri e o biólogo Allisson Castro.


  • Sejam Bem Vindos

    Publicado em 18/03/2019 às 13:33

    O que fazer quando há necessidade de poda ou corte de árvores na UFSC.

    Campanha de prevenção e controle da Dengue nos Campi da UFSC.

    O que fazer com os resíduos gerados na UFSC.

    Instruções, Normativas e Memorandos

    Eventos promovidos pela Coordenadoria de Gestão Ambiental.

    Projetos parceiros da Coordenadoria de Gestão Ambiental.

    Instruções de como fazer o Cadastro Técnico Federal do Ibama.

    O que fazer quando encontrar um animal na UFSC.

    Programa UFSC Sustentável.

    Campanhas Educativas do programa UFSC Sustentável.

    Como incluir um critério de sustentabilidade em contratações de serviço ou material.


  • Hoje (15) é dia de greve pelo clima!

    Publicado em 15/03/2019 às 18:01
    greta2

    Greta Thunberg em seu protesto na frente do Parlamento. (Reprodução: Elle)

    Fridays for Future (ou Greve das Escolas pelo Clima) é uma iniciativa estudantil em defesa do clima, ou seja, contra o aquecimento global. Seu principal objetivo é garantir que o Acordo de Paris e os alertas do IPPC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, da ONU) sejam cumpridos, além de lembrar os governantes que medidas devem ser tomadas com urgência para que o aumento temperatura global não ultrapasse 1,5°C ao ano.

    O movimento começou no ano passado com Greta Thunberg, uma estudante sueca de 16 anos que decidiu não frequentar a escola por vinte dias (de 20 de agosto até 9 de setembro, dia das eleições gerais na Suécia), depois de ondas de calor e incêndios no país. A menina pedia que o governo da Suécia reduzisse as emissões de carbono, de acordo com o Acordo de Paris, e protestou sentando do lado de fora do Parlamento todos os dias, durante o horário escolar, com o sinal de “Skolstrejk för klimatet” (escola de greve para o clima). “Para quê ir à escola estudar sobre o futuro se estão acabando com ele”, indaga ela.

    Após as eleições gerais, ela continuou a greve somente nas sextas-feiras, o que ganhou atenção mundial. Protestos semelhantes foram organizados em diversos países, como na Holanda, Alemanha e na Austrália, onde milhares de estudantes foram inspirados por Thunberg, e já fizeram greves em três sextas-feiras – ignorando os comentários do Primeiro-Ministro Scott Morrison que criticavam os protestos: “mais de aprendizagem nas escolas e menos ativismo”. Thunburg já participou da manifestação Rise for Climate (Erga-se pelo clima), em Bruxelas, da COP24 (Conferência do Clima da ONU), e no Fórum Econômico Mundial, na Suíça. Esse mês, ela foi indicada ao Nobel da Paz por três políticos noruegueses.
    Continue a leitura » »


  • Coordenadoria de Gestão Ambiental palestra na recepção dos calouros do CFH

    Publicado em 15/03/2019 às 14:01
    Semana Integrada de Recepção aos/às Calouros/as

    Allisson Castro durante a apresentação

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental participou da recepção dos calouros do Centro de Filosofia e Ciências Humanas do primeiro semestre de 2019. O evento aconteceu durante toda a terça-feira, dia 12, no auditório do CFH e foi organizado pela direção do Centro. O objetivo principal das palestras era apresentar as diversas áreas da Universidade para os recém chegados.

    A apresentação da manhã foi ministrada pelo graduando em Geografia Luiz Leal e pela servidora Gabriela Zampieri, e a tarde pelo biólogo e servidor da CGA, Allisson Castro. As falas da Coordenadoria tiveram como objetivo mostrar as suas áreas de atuação, apresentar o UFSC Sustentável e o Plano de Logística Sustentável da UFSC, bem como orientar sobre práticas sustentáveis na Universidade relacionadas a economia de energia, papel e água, e como realizar a coleta seletiva solidária na UFSC. A intenção foi estimular os alunos a participarem dos eventos e projetos relacionados a sustentabilidade, além de refletirem sobre suas ações na Universidade, de maneira que sejam realizadas com consciência e sob o olhar da sustentabilidade. Também foi apresentado o Projeto de Recuperação do Bosque do CFH e de que maneira os novos alunos poderiam participar. 
    Continue a leitura » »


  • Milhões de mortes podem acontecer se danos ao planeta não forem reduzidos, diz relatório

    Publicado em 15/03/2019 às 13:24

    A ONU lançou essa semana o sexto Panorama Ambiental Global, onde alerta que, se não ampliarmos drasticamente a proteção ambiental, cidades e regiões na Ásia, Oriente Médio e África poderão testemunhar milhões de mortes prematuras até a metade do século. O estudo foi produzido por 250 cientistas de mais de 70 países e lançado na Quarta Assembleia da ONU para o Meio Ambiente, em Nairóbi.

    A publicação também anuncia que os poluentes em nossos sistemas de água potável farão com que a resistência a antibióticos se torne a maior causa de mortes até 2050, e com que disruptores endócrinos – substâncias químicas que alteram a forma natural de comunicação do sistema endócrino (ou hormonal) – afetem a fertilidade humana, assim como o desenvolvimento neurológico infantil.

    No entanto, o estudo destaca que o mundo tem a ciência, a tecnologia e os recursos financeiros necessários para seguir um caminho de desenvolvimento mais sustentável, embora ainda falte apoio do público, das empresas e de líderes políticos.

    Clique aqui para ver a matéria completa da ONU Brasil.

    nasa-satellite-image-of-iquitos-within-the-amazon-rain-forest-in-peru-e1544802179895

    Imagem feita por satélite de Iquitos, no Peru, em meio à Floresta Amazônica. (Reprodução ONU Brasil)


  • Geofilmes lança “Ilha Inovação Sustentável”

    Publicado em 14/03/2019 às 18:30

    Em comemoração ao aniversário de Florianópolis, dia 23 de março, a produtora audiovisual Geofilmes lança hoje, dia 14, o documentário “Ilha Inovação Sustentável”. O evento é gratuito e acontece no Cynesistem, Shopping Iguatemi, às 20h, na sala CINEPIC.

    O documentário é uma idealização de Rodrigo Sabatini com direção de Charles Cesconetto, e foi financiado pela Lei de Incentivo à Cultura. O mote da produção é um questionamento: “existe um processo de desenvolvimento baseado na inovação sustentável em Florianópolis?”. Ele procura responder a esta indagação, retratando a Ilha de Santa Catarina em sua parte tecnológica, ambiental e social.

    As vagas para a estreia são limitadas e as inscrições devem ser realizadas pelo link: doity.com.br/ilhainova. As cadeiras serão ocupadas por ordem de chegada. Após a exibição, a produtora fará um bate papo sobre o filme e o que ele propõe.

    O documentário também será exibido no CIC todos os dias entre 28 e 31 de março, quinta-feira a domingo, às 20h, com entrada gratuita. Assista ao  trailer


  • Edital para a Contratação de Estagiários – Edital PIBE

    Publicado em 13/03/2019 às 20:56

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental abriu Edital para a Contratação de 4 bolsistas:

    • 1 vaga para os cursos de Biologia, Agronomia ou Geografia
    • 2 vagas para o curso de Engenharia Sanitária e Ambiental
    • 1 vaga para o curso de Animação ou Design

    Os interessados devem encaminhar currículo, grade de horários e histórico escolar para gestaoambiental@contato.ufsc.br até 18 de março de 2019.  Mais informações e detalhes podem ser conferidos no edital, disponível aqui.

    Importante: Nesse Edital a preferência das vagas será dada para o Sistema de vagas étnico-raciais, 100% das vagas estão reservadas para esse Sistema. Caso não hajam candidatos, será aberto para ampla concorrência.


  • 2º Pedal das Águas

    Publicado em 13/03/2019 às 18:07
    2-pedal-das-águas-wpp-768x768

    (Foto: Reprodução CASAN)

    Para celebrar o Dia Mundial da Água (22 de março), a CASAN realiza no sábado, dia 23, o 2º Pedal das Águas, um passeio de bicicleta que vai do Rio Cubatão, em Palhoça, ao Rio Pilões, em Santo Amaro da Imperatriz. O trajeto passa por importantes pontos de captação de água para a distribuição na Grande Florianópolis. O evento é uma parceria entre a companhia de água, a prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz e a empresa Cicles Hoffmann.

    O percurso é de nível intermediário/avançado e tem 17,4 km no total  ̶ 8,7 km de ida, com subida de 4,5 km em estrada de chão (316 metros acumulados), e retorno ao local de início. Na largada e no ponto final do passeio será disponibilizado café da manhã para os participantes. A recomendação é que cada um leve sua garrafa de água e toalha. Caso as condições climáticas estejam desfavoráveis, o pedal poderá ser cancelado, com aviso prévio da empresa.

    Para participar, os interessados devem se inscrever pelo link: https://bit.ly/2UqvlNx

    O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1993, com o objetivo de alertar a população sobre a importância da água para a vida na Terra e a urgência de sua preservação. Durante a semana do dia 22, a CASAN vai realizar diversas atividades, incluindo visitas e palestras, com o intuito de promover o consumo consciente desse recurso.