Coordenadoria de Gestão Ambiental – CGA
  • Curso “Sustentabilidade para os administradores de edifícios”

    Publicado em 14/09/2018 às 18:08

    Atenção administradores de edifícios da UFSC:

    O curso “Sustentabilidade para os administradores de edifícios” é pensado para vocês! Com o intuito de capacitar os participantes sobre as temáticas sustentáveis no âmbito da UFSC e na manutenção adequada sob o viés da sustentabilidade, serão trabalhados temas como: Consumo;  Aedes Aegypti; Acessibilidade e Preventivo de Incêndio;  Energia; Água e Esgoto; Áreas Verdes; Animais e Resíduos.Capacitação-Administradores-de-edifício

    Período do curso: 02/10/2018 a 25/10/2018

    Horário: 8h às 12h.

    Dias: 02, 09, 16, 18, 23 e 25/10.

    Carga Horária: 24h

    Local de Realização: Sala Girassol – 3º andar do Centro de Cultura e Eventos da UFSC

    Inscrições até o dia 24/09 e mais informações no site http://sgca.sistemas.ufsc.br/publico/programacaoAtual.xhtml


  • Curso Educação Ambiental no Âmbito Organizacional

    Publicado em 14/09/2018 às 15:56

    Você é servidor da UFSC?

    O curso Educação Ambiental no Âmbito Organizacional é para você! Pensado para capacitar os servidores da UFSC sobre a problemática ambiental, permitindo o desenvolvimento de um pensamento crítico, o consumo responsável e a prática de ações sustentáveis no seu cotidiano.

    Período do curso: 01/10/2018 a 26/11/2018

    Carga Horária: 30h

    Local de Realização: Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem – Moodle

    Inscrições até o dia 23/09 e mais informações no site http://sgca.sistemas.ufsc.br/publico/programacaoAtual.xhtml


  • 5 de Setembro, dia da Amazônia!

    Publicado em 05/09/2018 às 18:06

    Dia 5 de Setembro, é celebrado o dia da Amazônia. A data remete a quando D. Pedro II decretou a criação da Província do Amazonas, hoje Estado do Amazonas. Mais do que história, é um lembrete da importância de se preservar a maior floresta tropical do mundo, lar de diversas espécies e povos típicos.

    Foto: Agência Brasil

    Sobre a Amazônia

    A floresta estende-se por oito estados brasileiros e países sul americanos, contando com uma área de 4,196.943 milhões de km² (IBGE,2004), maior que o país da Índia.  Dessa área, 60,1% está em território brasileiro, reforçando a importância do país na preservação.

    Sua fauna é extremamente rica, contendo 20% das espécies de animais existentes no mundo todo. Algumas delas são endémicas, ou seja, exclusivas da região, como o boto-cor-de-rosa, o galo-da-serra, a tartaruga-mata-mata, o sapinho-de-folhiço e o acará-disco. A flora é formada por três tipos: mata de várzea, mata de igapó e mata de terra firme. Como a floresta é muito úmida e passa por períodos de cheias e inundações, essa característica divide os tipos de vegetação existentes: o que não é inundado (terra firme), o de transição (várzea) e o inundável (igapó). A vitória-régia, castanha-do-pará, o cupuaçu são exemplos de riquezas exclusivas da Amazônia. A hidrografia é igualmente rica, contendo a maior bacia do mundo em extensão e densidade. Nos seus rios vivem 16% das espécies de peixe de água doce do planeta.

    Ameaças

    Desde 1988, foram desmatados 421.870 km², que equivalem aproximadamente à área da Suécia.  Diversas atividades são responsáveis por esse e outros impactos negativos, quando pensadas apenas pelo viés econômico. Justamente por ser um local muito rico, é alvo de exploração comercial.  A plantação de soja, a pecuária e a derrubada de árvores na busca de madeira são exemplos de atividades que impactam a floresta, junto a busca por matéria-prima. Além das grandes alterações, todo tipo de influência no bioma pode resultar em grandes impactos ambientais. Por exemplo, a extração incorreta de madeira, mesmo que em pequena escala, pode alterar a composição florística e consequentemente os animais que vivem ali. O alerta é de Hélder Queiroz, pesquisador do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM).

    Por que é tão importante preservar?

    Foto: Reuters

    Além de ser possuir uma biodiversidade gigantesca, as árvores amazônicas também colaboram com a diminuição da quantidade de CO2 no planeta. Por meio da fotossíntese, o gás carbônico (CO2) é retirado da atmosfera e o gás oxigênio (O2) é liberado no lugar. O gás carbônico, lançado diariamente em diversas atividades humanas, é um dos responsáveis por diversas mudanças climáticas no planeta. Vale a pena salientar a  variedade de plantas medicinais que podem ser encontradas no local, sendo que grande parte não foi estudada e  pesquisada ainda.

    Luiza Della Giustina/Jornalista da Coordenadoria de Gestão Ambiental/UFSC

    Fontes:

    1https://www.nexojornal.com.br/grafico/2017/08/25/O-desmatamento-da-floresta-amaz%C3%B4nica-por-estado-e-munic%C3%ADpio

    2https://www.ecodebate.com.br/2013/07/03/a-destruicao-dos-ecossistemas-brasileiros-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

    3http://agencia.fapesp.br/ameacas-a-amazonia-vao-muito-alem-das-queimadas/17908/

    https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/areas_prioritarias/amazonia1/ 


  • Atividade de Educação Ambiental contra a dengue ocorre no Córrego Grande

    Publicado em 28/06/2018 às 20:39

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental (CGA) e Comissão de Combate à Dengue na UFSC realizaram, dia 26 de junho, atividades de Educação Ambiental relacionadas ao mosquito Aedes aegypti,  transmissor da dengue. Foram visitados principalmente os prédios localizados no bairro Córrego Grande, devido as ocorrências de focos do mosquito recentes e de possíveis ameaças, como acúmulos de água parada, pneus abandonados, lixo em áreas externas e outros. A atividade tinha como objetivo conscientizar os servidores e terceirizados da Universidade a respeito da dengue, seus sintomas e suas situações mais comuns.

    Entre os setores visitados, estavam o Departamento de Manutenção Predial e de Infraestrutura (DMPI), manutenção de ar-condicionado e elétrica, Almoxarifado e Almoxarifado Central, carpintaria, Biotério Central e a obra do novo prédio do Centro de Ciências Biológicas.

    Organizando a atividade, estavam Allisson Castro, Bianca Bennemann, Bruna Raupp e Demétrio Gomes. Foto: Evite a Dengue/UFSC

    Entre os assuntos discutidos, estavam as ações que podem ser feitas para se evitar a dengue. As vias principais são o recolhimento de resíduos que podem acumular água e evitar jogar lixo fora das lixeiras adequadas. Além disso, recomenda-se entrar em contato com a CGA ou denunciar pelo e-mail evitedengue@contato.ufsc.br.

    Uma das atividades educativas consistiu em mostrar aos participantes fotos tiradas no local, para que eles considerassem quais situações eram focos do mosquito da dengue. Também foram distribuídos cartazes e cartilhas pelos prédios e para os servidores. Alguns setores relataram suas experiências. O Biotério Central, por exemplo, limpa diariamente seus bebedouros de animais e observa com regularidade se há acúmulo de água no setor. Entretanto, ainda foram relatados problemas gerais de calhas entupidas, resíduos expostos, e acúmulo de água em poças por semanas. A Comissão de Combate à Dengue na UFSC coletou as informações e direcionou aos setores responsáveis para sua mitigação.

    Cartazes distribuídos pelos prédios. Foto: Evite a Dengue/UFSC


  • Feedback da Semana do Meio Ambiente 2018

    Publicado em 25/06/2018 às 17:14

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC quer saber: qual foi sua experiência com a Semana do Meio Ambiente 2018? Ao responder as perguntas do formulário neste link, você estará ajudando a construir um evento cada vez mais participativo, conscientizador e sustentável. Contamos com a colaboração de todos! 


  • Mesas redondas confirmadas – Visitas e Oficinas alteradas – Programação da SEMANA DO MEIO AMBIENTE 2018

    Publicado em 28/05/2018 às 15:16

    As mesas redondas que serão realizadas nessa terça-feira (29/05) estão CONFIRMADAS.

     

     

     

     

    Devido a greve da classe dos caminhoneiros e a falta de mobilidade, algumas datas e horários da programação sofrerão alterações. Todos os que se inscreveram já foram notificados via e-mail ou WhatsApp.

    Segue a programação atualizada:

     

     

     

     

     

     

     


  • SEMANA DO MEIO AMBIENTE UFSC 2018

    Publicado em 16/05/2018 às 21:10

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental, em conjunto com outras instâncias da UFSC, está organizando a Semana do Meio Ambiente da UFSC 2018, que ocorrerá entre os dias 28 de maio a 5 de junho. O evento tem como objetivo a promoção da sustentabilidade através de palestras, oficinas, visitas técnicas, apresentações artísticas, mesas redondas, entre outras atividades. Reforçamos que todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público. Todas as atividades possuem temáticas sustentáveis, sendo elas: Saneamento Básico, Como Implementar a Sustentabilidade no Campus Universitário, Eventos Extremos da Natureza e Mudanças Climáticas, Tecnologias Verdes.

    Inscrições

    Mesas redondas: goo.gl/VQzk5E 

    Oficinas: goo.gl/wYn7hS  

    Visitas técnicas: goo.gl/jqWvst   

     

    Conheça as mesas redondas

     

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

     

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Inscreva-se: goo.gl/VQzk5E

    Participe de nossas campanhas e atividades extras:

    CAMPANHA TAMPAS (1)

    Conheça as oficinas

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Mini Curriculo LUIZ

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Inscreva-se: goo.gl/wYn7hS

    Conheça as visitas técnicas

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

    Inscreva-se: goo.gl/jqWvst

     


  • Mesas Redondas Semana do Meio Ambiente 2018

    Publicado em 04/05/2018 às 12:16

    Dia 29 de maio será um dia dedicado as mesas redondas.

    Inscreva-se!!
    goo.gl/VQzk5E 

       


  • Inscrições Semana do Meio Ambiente UFSC 2018

    Publicado em 18/04/2018 às 18:53

    Estão abertas as inscrições para a Semana do Meio Ambiente 2018:

    *Inscrões mesas-redondas (29 de maio):
    goo.gl/VQzk5E


    *Inscrições oficinas:
    goo.gl/wYn7hS


    *Inscrições visitas técnicas:
    goo.gl/jqWvst

    A programação completa do evento em breve.

     


  • Propostas de sustentabilidade do professor Ubaldo como novo reitor da UFSC

    Publicado em 12/04/2018 às 18:57

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC (CGA) parabeniza o professor  Ubaldo César Balthazar pela conquista referente à consulta ao cargo de Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina.

    Ubaldo Cesar Balthazar, 52, “A UFSC Pode Mais”. Foto: Agecom

    Ao levantarmos os dados de seu programa de gestão, destacamos quais delas são relacionadas as ações de Sustentabilidade, a fim de verificar o andamento das mesmas, junto a comunidade acadêmica as ações propostas pelo então candidato durante o exercício de sua função como Reitor.

    As ações a seguir foram todas retiradas integralmente do próprio “Plano de Gestão Reitor Ubaldo – A UFSC pode mais”  dedicados ao seu futuro mandato.

    Vale a pena lembrar que a “sustentabilidade” está ligada à três grandes eixos: Econômico, Social e Ambiental. E é com base nisso que relacionamos a seguir:

     

    Aprovar o plano diretor da UFSC.
    Dar continuidade ao plano de logística, compras e obras sustentáveis, revisto em 2017, e que dispõe de ações que resultem em diminuição do desperdício e preservação ambiental. Tal plano, por sua importância, foi assumido pelo Gabinete do Reitor.
    Oferecer infraestrutura para atividades saudáveis: revitalização/implantação de calçadas (Programa Rota Acessível) e trilhas, praças e bicicletários, vestiários e chuveiros, programas para uso de áreas esportivas.
    Finalizar e institucionalizar o Plano de Gerenciamento de Resíduos da UFSC, possibilitando a ampliação e controle do destino do lixo reciclável e orgânico e consequente redução do lixo comum.
    Assegurar que todas as unidades da UFSC disponham de coleta/tratamento de esgoto sanitário.
    Operacionalizar as recomendações de estudo “Recuperação da Qualidade da Água dos Córregos do Campus Reitor João David Ferreira Lima”
    Atuar junto com a prefeitura de Florianópolis na melhoria da macrodrenagem e redução de enchentes do Campus.
    Apoiar a implementação de ações de gestão ambiental no Hospital Universitário.
    Fomentar, através de editais, novos projetos culturais na UFSC.
    Concluir o projeto de eficiência energética para a UFSC, na área da Pesquisa.
    Ampliar a ação do Serviço de Atenção à Saúde da Comunidade (SASC), com a contratação de equipe multiprofissional de saúde, para fazer face as melhores metodologias de atenção à Saúde dos trabalhadores e dos estudantes.
    Continuar o aprimoramento da gestão de patrimônio da universidade, ampliando o percentual de bens levantados, bem como a agilização do processo de destinação, para o aproveitamento de bens subutilizados e baixa nos bens sem condições de uso.
    Incrementar medidas que garantam mais segurança, qualidade de vida e bem-estar da comunidade universitária.

     

    A CGA desde já se coloca a disposição da nova administração, bem como, da comunidade universitária para discutir os aspectos da implantação da sustentabilidade nos campi universitário.